”A tempera de uma alma é dimensionada na razão direta do teor de poesia que ela encerra” (Horácio Quiroga)

sábado, 2 de janeiro de 2016

Chuva

Precipitam-se tantos...
Milhares, milhões, incontáveis.
Pequenos cristais líquidos,
Frescos e leves,
Que farão brotar a vida...

Nenhum comentário:

Postar um comentário