”A tempera de uma alma é dimensionada na razão direta do teor de poesia que ela encerra” (Horácio Quiroga)

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Suscitação

Assim, tão discreta,
Foste chegando.
Passos macios,
Voz suave
              E um fino perfume.

Assim, tão elegante,
Envolveste-me.
Abraços doces,
Beijos ardentes
              E um terno amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário