”A tempera de uma alma é dimensionada na razão direta do teor de poesia que ela encerra” (Horácio Quiroga)

terça-feira, 14 de junho de 2016

Definitiva

A flor (indiferente aos meus olhares)
            Tão finita em sua beleza,
É definitiva,
            Se considerarmos todo seu teor subjacente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário