”A tempera de uma alma é dimensionada na razão direta do teor de poesia que ela encerra” (Horácio Quiroga)

domingo, 5 de junho de 2016

Posses

Meus mundos e fundos
              Cabem num prato raso,
Assim, por acaso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário