”A tempera de uma alma é dimensionada na razão direta do teor de poesia que ela encerra” (Horácio Quiroga)

terça-feira, 12 de abril de 2016

Um novo dia

Amanheceu!
Vi, ouvi, senti.
Então, completamente renovado, vivi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário