”A tempera de uma alma é dimensionada na razão direta do teor de poesia que ela encerra” (Horácio Quiroga)

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Mutações

Dormi paulista
              (golpista),
Acordei baiano
              (insano),
Almocei gaúcho
              (um luxo),
Morri Mineiro
              (matreiro).

Nenhum comentário:

Postar um comentário